Loading...

Sobre Nós

Os barbeiros

Tudo começou ...

Quando o homem contemporâneo sabia da importância de cuidar de si e transmitir uma imagem positiva, investindo cada vez mais o seu tempo e dinheiro em cuidados com a beleza, provando que o segmento masculino é um setor com potencial.

Embora o barbeiro seja designado como uma pessoa que por ofício rapa ou apara barbas e corta o cabelo dos homens, a verdade é que o papel que tem desempenhado ao longo da história é bem mais do que isso. Antigamente, em pequenas terras, os barbeiros, também acumulavam trabalhos de pequenas cirurgias, como tirar dentes entres outros. Porém, com o passar do tempo e a adaptação a novos costumes, a clientela procura profissionais sofisticados e de confiança que satisfaçam as suas necessidades

Os serviços de barbearia são visto como um momento de convívio social, produzindo um ambiente de empatia e bem-estar comum.

Curiosidade BARBER POLE

Listrado de vermelho e branco, às vezes com um pouco de azul, o tradicional barber pole girando ao lado de uma barbearia, sinaliza, atualmente, um lugar onde os homens podem cortar o cabelo, fazer a barba e conviver um pouco.

Mas nem sempre foi assim...

Na Idade Média, o barber pole de barbeiro em vermelho e branco sinalizava o local de trabalho dos barbeiros-cirurgiões, onde as pessoas iam não apenas para cortar o cabelo ou fazer a barba, mas também para efetuar tranfusões e outros procedimentos médicos e odontológicos.

Após a conclusão do procedimento cirúrgico, os barbeiros colocavam as ligaduras na rua e as penduravam-as como forma de propaganda. Com o vento, as ligaduras ensanguentadas giravam e se retorciam, formando o padrão de espiral vermelho e branco.

Assim, historicamente, o barber pole representa as ligaduras ensanguentadas que ficavam envolvidas em torno de um poste.

Uma outra interpretação das cores do barber pole, é que o vermelho representa o sangue arterial, o azul é o símbolo do sangue venoso e o branco retrata as ligaduras.